Terça, 16 de Julho de 2019

O Repórter

STJD rejeita anulação de vitória do Palmeiras sobre o Botafogo

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 18 de junho de 2019 às 13:41
Vitor Silva/Botafogo
Duelo entre Botafogo e Palmeiras pelo Brasileirão

RIO (OREPORTER.COM) - O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu pela manutenção do resultado de 1 a 0 do Palmeiras em cima do Botafogo, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O clube carioca havia entrado com recurso pela anulação da partida por alegar um uso irregular do árbitro de vídeo, pois a partida teria sido reiniciada por alguns segundos quando o juiz de campo decidiu fazer a verificação do VAR sobre um pênalti. A penalidade acarretou no gol da vitória palmeirense.

No entanto, o STJD foi unânime em confirmar o resultado do jogo. Durante o julgamento, Adriano Milczvski, árbitro de vídeo da partida, foi ouvido pelo tribunal e alegou que não houve reinício de jogo. O árbitro Paulo Roberto Alves Junior também confirmou que a bola não voltou a rolar. Isso porque, inicialmente, Deyverson levou amarelo por simulação, havendo um tiro livre indireto. Como o árbitro não havia apitado, a partida não havia sido reiniciada.

O relator Décio Neuhaus alegou que "um erro de protocolo não pode anular um jogo" e indeferiu o pedido do Botafogo. Os membros do STJD acompanharam o voto e, por 9 a 0, decidiram pela manutenção do resultado.

Inicialmente, a CBF havia acolhido uma suspensão do resultado da partida até a realização do julgamento. Com a manutenão do placar final, o Palmeiras volta a ter 25 pontos na tabela do Campeonato Brasileiro. Assim, o Verdão tem cinco de vantagem sobre o vice-líder Santos.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: