O Repórter

Caminhoneiros interditam rodovias no Rio, apesar de decisão judicial

Há interdições na região metropolitana, serrana e no norte do estado

Por Agência Brasil
01 de novembro de 2022 às 11:03
Atualizada em 01 de novembro de 2022 às 11:04
Compartilhe a notícia:
Divulgação/PRF

RIO - Caminhoneiros continuam interditando trechos de rodovias federais no Rio de Janeiro, apesar de decisão da Justiça que determina o desbloqueio das vias. Segundo balanço divulgado às 6h pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), continuam sendo registradas manifestações com interdições nas regiões metropolitana, serrana e norte do estado.

Na Baixada, a PRF informou que tem faixas interditadas na BR-040 (uma faixa no quilômetro 113, sentido crescente), BR-116 (parcialmente interditada no quilômetro 197, em ambos os sentidos) e BR-493 (interdição parcial no quilômetro 69, sentido Duque de Caxias).

Na região metropolitana, ainda há pistas parcialmente interditadas na BR-493 (quilômetro 0) e na BR-101 (quilômetro 297, em ambos sentidos).

Na região serrana, há interdição parcial em ambos os sentidos no quilômetro 76 da BR-116 e na faixa sentido Juiz de Fora altura do quilômetro 61,5 da BR-040.

No norte do estado, há bloqueios totais de rodovias na BR-356 (quilômetro 50), em Itaperuna, e na BR-101 (quilômetro 70), em Campos dos Goytacazes. Ainda em Campos, a BR-101 está parcialmente interditada no quilômetro 75.

Em nota, a PRF informou que foi notificada da decisão da Justiça Federal no Rio de Janeiro, que determina multa diária de R$ 5 mil para cada participante (pessoa física) e de R$ 100 mil para pessoas jurídicas que estejam ajudando ou liderando manifestantes.

 A PRF informa que o direito à manifestação é assegurado, desde que não cause riscos à segurança viária ou impeça a circulação dos demais usuários das rodovias.

Últimas de Rio