O Repórter

Camisa da Argentina de Maradona é leiloada por valor recorde

Peça usada pelo ex-atleta foi adquirida por 8,8 milhões de euros

Por Agência Ansa
04 de maio de 2022 às 14:32
Atualizada em 04 de maio de 2022 às 14:34
Compartilhe a notícia:
divulgação / Sothebys
Camisa de Maradona usada em 86 foi vendida por 8,8 milhões de euros
Camisa de Maradona usada em 86 foi vendida por 8,8 milhões de euros

LONDRES - A camisa utilizada pelo ex-jogador Diego Maradona na vitória por 2 a 1 da Argentina sobre a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986, no México, foi leiloada por 8,8 milhões de euros (cerca de R$ 46,5 milhões).

Segundo a Sotheby's, que foi a responsável pelo processo, a peça se tornou a camisa esportiva mais valiosa da história da casa de leilões britânica. O recorde anterior foi estabelecido em 2019, quando um uniforme do New York Yankees usado por Babe Ruth foi comprado por cerca de 5,3 milhões de euros.

O leilão da histórica camisa da seleção da Argentina foi envolvido em muita polêmica. A Sotheby's confirmou que a peça foi usada por Maradona nos dois gols marcados no duelo diante dos ingleses. A filha mais velha do ex-jogador, Dalma, contestou a informação ao dizer que o pai utilizou o uniforme durante a etapa inicial das quartas de final do Mundial do México e o trocou no intervalo.

A Sotheby's, no entanto, não recuou e decidiu prosseguir normalmente com o leilão, tanto que emitiu um comunicado comprovando a autenticidade da peça. O uniforme ficou mais de 30 anos com Steve Hodge, mas o ex-meio-campista doou a camisa ao Museu Nacional do Futebol em Manchester.

Em um dos jogos mais marcantes da história das Copas do Mundo, Maradona ajudou a Argentina a eliminar a Inglaterra nas quartas de final ao marcar um gol de mão e outro depois de driblar meio time adversário.

Últimas de Esportes