O Repórter

Cantor R. Kelly é condenado por abuso e pornografia infantil

Músico também foi culpado de chefiar rede de exploração sexual

Por Agência Ansa
15 de setembro de 2022 às 12:29
Atualizada em 15 de setembro de 2022 às 12:31
Compartilhe a notícia:
Ansa
R. Kelly é um dos cantores mais famosos do gênero R&B.
R. Kelly é um dos cantores mais famosos do gênero R&B.

NOVA YORK - O cantor R. Kelly, de 55 anos de idade, foi condenado por abuso sexual contra garotas menores de idade por um tribunal de Chicago, nos Estados Unidos, na última quarta-feira (14).

O artista, cujo nome completo é Robert Sylvester Kelly, foi condenado em seis das 13 acusações que enfrentou no julgamento, segundo informações da "CBS Chicago".

O cantor de R&B recebeu diversas acusações de exploração sexual, sedução e posse de vídeos com material pornográfico infantil.

Em junho, R. Kelly foi condenado a 30 anos de prisão por outros crimes sexuais, como a de chefiar uma rede de exploração, mas a nova sentença irá aumentar o tempo de detenção. O período, no entanto, ainda não foi definido pelas autoridades locais.

No novo julgamento, a principal prova da nova condenação foi um vídeo em que mostrava o músico urinando em uma adolescente de 14 anos de idade. A garota, por sua vez, foi uma das testemunhas. Em outras gravações apresentadas, R.Kelly aparece abusando de menores de idade.

"R.Kelly é um predador, essa é uma vitória para suas vítimas e a justiça", celebrou o procurador Breon Peace após a sentença.

Últimas de Mundo