O Repórter

EUA avaliam envio de tropas para embaixada em Kiev

Por Agência Ansa
23 de maio de 2022 às 19:06
Atualizada em 23 de maio de 2022 às 19:07
Compartilhe a notícia:
Ansa

WASHINGTON - O Pentágono e o Departamento de Estado americano estão avaliando a possibilidade de enviar forças especiais para proteger a embaixada dos Estados Unidos em Kiev.

A informação foi divulgada pelo porta-voz do Departamento de Defesa, John Kirby, ao jornal "The Washington Post", nesta segunda-feira (23).

"Estamos examinando as condições de segurança do escritório diplomático na Ucrânia, mas nenhuma decisão foi tomada", enfatizou Kirby.

Mais cedo, o "Wall Street Journal" revelou que militares e diplomatas americanos estão avaliando a possibilidade de enviar forças especiais para proteger a embaixada americana em Kiev, que acaba de reabrir.

Segundo fontes americanas, a proposta, no entanto, ainda não foi apresentada ao presidente dos EUA, Joe Biden.

Em entrevista coletiva nesta tarde, o chefe do Estado Maior do Exército dos EUA, general Mark Milley, disse que essa decisão deve ser tomada pelo democrata, "mas ainda nenhum plano foi traçado ou apresentado ao secretário de Defesa".

Os Estados Unidos reabriram sua embaixada em Kiev no último dia 18 de maio, após um fechamento de três meses devido à invasão russa à Ucrânia.

Na ocasião, o secretário de Estado, Antony Blinken, afirmou que "o povo ucraniano, com nossa assistência em segurança, defendeu sua pátria contra a invasão inconcebível da Rússia e, como resultado, a bandeira dos Estados Unidos está novamente flamulando na embaixada".

Últimas de Mundo