O Repórter

Governo do Rio define ações de enfrentamento para chuvas no Estado

Concessionárias de água, saneamento, energia e mobilidade foram notificadas pelo governador para acionarem seus planos de contingência

Por OREPORTER.COM
19 de janeiro de 2024 às 17:25
Atualizada em 19 de janeiro de 2024 às 17:28
Compartilhe a notícia:
Philippe Lima
Cláudio Castro em reunião de alinhamento de plano de contingência. (Philippe Lima)
Cláudio Castro em reunião de alinhamento de plano de contingência. (Philippe Lima)

RIO - O governo do Rio definiu um plano de ações de contingência para reduzir os impactos das fortes chuvas previstas para os próximos dias no Estado.

O governador Cláudio Castro se reuniu ontem (18) com as secretarias e órgãos estaduais, no Palácio Guanabara, com o objetivo de alinhar as ações.

Seis concessionárias de serviços essenciais que atuam no estado (Iguá, Águas do Rio, Águas do Brasil, Light, Enel e Concer) foram notificadas para que estejam de prontidão. O objetivo é que o tempo de resposta do Governo do Estado seja o mais rápido possível.

"Reforcei com todas as pastas envolvidas no nosso plano de contingência que estejam em alerta para qualquer ocorrência. Estamos de prontidão para que as chuvas previstas para o próximo fim de semana causem o menor impacto possível", afirmou o governador.

Durante a reunião, o governador determinou o reforço humanitário para os próximos dias, com a definição de locais que possam servir de abrigos para a população, disponibilização de kits de higiene e de limpeza e reforço no atendimento nas unidades de saúde do Estado, com aumento dos estoques de medicamentos.

O Governo do Estado está monitorando em tempo real, por meio do Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden-RJ), as condições meteorológicas e os níveis pluviométricos em todo o território fluminense, enviando alertas para os municípios quando necessário.

"Estamos mobilizados 24 horas para qualquer necessidade. Nossas equipes estão treinadas e capacitadas para agirem caso sejam acionadas", reforçou o secretário de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro.

Em conjunto com as prefeituras da região Metropolitana e o Governo Federal, o Governo do Estado está desenvolvendo um plano de ações para atender as demandas das cidades afetadas pelas chuvas do último fim de semana.

Um dos pedidos do governador Cláudio Castro para a União é a liberação de mais de R$ 730 milhões do Novo PAC para o projeto de controle de inundações e recuperação ambiental das bacias do rio Iguaçu-Botas e do rio Sarapuí.

Últimas de Rio