O Repórter

Lula demite comandante do Exército, general Júlio César de Arruda

O militar, de alta patente, havia sido formalizado no cargo há 15 dias

Por OREPORTER.COM
21 de janeiro de 2023 às 15:33
Atualizada em 21 de janeiro de 2023 às 15:40
Compartilhe a notícia:
divulgação
O general Júlio César de Arruda foi demitido do cargo de comandante do Exército por Lula neste sábado (21).
O general Júlio César de Arruda foi demitido do cargo de comandante do Exército por Lula neste sábado (21).

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva demitiu neste sábado (21) o comandante do Exército, general Júlio César de Arruda, que havia sido confirmado no cargo apenas 15 dias atrás.

A informação é da emissora Globo News e chega no dia seguinte a uma reunião de Lula com os chefes das Forças Armadas em Brasília, em meio à turbulência política provocada pela insurreição bolsonarista de 8 de janeiro.

Arruda será substituído pelo comandante militar do Sudeste, general Tomás Miguel Ribeiro Paiva, que, na última quarta-feira (18), fez um discurso para suas tropas cobrando respeito ao resultado das eleições.

"É o regime do povo. Alternância de poder. É o voto, e quando a gente vota, tem que respeitar o resultado da urna. Não interessa. Tem que respeitar. É essa a convicção que a gente tem que ter, mesmo que a gente não goste", disse Paiva na ocasião.

Arruda havia assumido o comando do Exército interinamente em 30 de dezembro, mas tinha sido efetivado pelo ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, apenas em 6 de janeiro. O governo Lula ainda não explicou o motivo da troca.

Últimas de Política