O Repórter

Macron toma posse e promete ¨planeta mais habitável¨

Presidente também disse que França será mais forte

Por Agência Ansa
07 de maio de 2022 às 21:56
Atualizada em 07 de maio de 2022 às 21:58
Compartilhe a notícia:
EPA
Macron fez um apelo e deseja que a França se torne uma nação mais independente
Macron fez um apelo e deseja que a França se torne uma nação mais independente

PARIS - O presidente da França, Emmanuel Macron, tomou posse para seu segundo mandato neste sábado (7), em uma cerimônia no Palácio do Eliseu, e prometeu um planeta "mais habitável" e um país "mais forte".

Em um breve discurso, o líder francês fez um apelo para "agir implacavelmente para que a França se torne uma nação mais independente" e "construa respostas francesas e europeias aos desafios do nosso século".

Em cerca de 10 minutos, o presidente recém-eleito manifestou sua ambição de querer presidir com "um novo método, planejando, reformando e associando" os franceses às suas escolhas para o país.

"Precisamos inventar juntos um novo método, longe de tradições e rotinas cansadas, com o qual possamos construir um novo contrato produtivo, social e ecológico", disse ele, prometendo agir com "respeito" e "consideração".

Além disso, Macron destacou a ameaça representada pela invasão da Rússia à Ucrânia e as preocupações ambientais mundiais.

Apesar de enfrentar uma forte oposição política, o presidente da França foi reeleito com 58, 5% dos votos no segundo turno contra a candidata de extrema-direita Marine Le Pen.

A cerimônia contou com a presença de 450 convidados, incluindo os ex-presidentes Nicolas Sarkozy e François Hollande, o primeiro-ministro Jean Castex, ex-chefes de governo, familiares de Macron e profissionais da saúde que combateram a pandemia de Covid-18.

Últimas de Mundo