O Repórter

Oito escolas encerram a programação da Série Ouro na Sapucaí

Ao todo, 16 agremiações disputam uma vaga no Grupo Especial

Por Rafael Max
10 de fevereiro de 2024 às 06:00
Atualizada em 09 de fevereiro de 2024 às 17:29
Compartilhe a notícia:
Tomaz Silva/Agência Brasil
Sambódromo da Marquês de Sapucaí
Sambódromo da Marquês de Sapucaí

RIO - Neste sábado (10), Oito escolas de samba vão encerrar a programação dos desfiles da Série Ouro no Sambódromo da Marquês de Sapucaí. As agremiações disputam uma vaga no Grupo Especial do ano que vem.

Estarão na passarela as seguintes agremiações: Sereno de Campo Grande, Em Cima da Hora, Arranco, União da Ilha, Unidos de Padre Miguel, São Clemente, Unidos de Bangu e Império Serrano.

Os desfiles começam às 21 horas. Cada agremiação terá entre 44 a 55 minutos para desfilar. O mínimo necessário para cada escola é 900 integrantes, incluindo 35 baianas e 130 ritmistas. Cada agremiação poderá levar dois ou três alegorias, com dois tripés opcionais.

A grande campeã estará presente no Grupo Especial de 2025. Duas escolas serão rebaixadas para a Série Prata.

Veja a ordem dos desfiles e os seguintes enredos das escolas

Sereno de Campo Grande - A escola da Zona Oeste volta ao acesso após 11 anos, tendo sido campeã da Série Prata. Thiago Avis desenvolveu o enredo 4 de Dezembro, abordando os festejos de Santa Bárbara em Salvador.

Em Cima da Hora - O carnavalesco Rodrigo Almeida trará para a avenida o enredo A Nossa Luta Continua. A escola de Cavalcanti vai abordar a classe operária.

Arranco - A escola do Engenho de Dentro vai apresentar o enredo Nise - Reimaginação da Loucura, de Nicolas Gonçalves. Será uma homenagem à medica psiquiatra Nise da Silveira, conhecida por sua contribuição ao tratamento da saúde mental.

União da Ilha do Governador - Cahê Rodrigues trará o enredo Doum e Amora: crianças para transformar o mundo! A agremiação do bairro da Cacuia se inspira no livro "Amoras", de Emicida, sobre um conto entre duas personagens negras, viajando pelo universo infantil.

Unidos de Padre Miguel - Após ficar com o vice-campeonato no ano passado, o Boi Vermelho tenta mais uma vez o retorno à elite do carnaval carioca - o que não acontece desde 1972. Edson Pereira e Lucas Milato apresentam o enredo O Redentor do Sertão, sobre Padre Cícero.

São Clemente - A escola de Botafogo trará o enredo Que grande destino reservaram pra você, de Bruno de Oliveira. Será uma homenagem a Zé Katimba, notório compositor de sambas-enredo.

Unidos de Bangu - Jorge da Capadócia é o enredo da vermelho e branco da Zona Oeste. O carnavalesco Robson Goulart falará sobre a devoção a São Jorge.

Império Serrano - Após o rebaixamento no Grupo Especial, a verde e branco de Madureira volta à Série Ouro para falar sobre os orixás. O carlavalesco Alex de Souza desenvolveu o enredo Ilú-oba Oyó - A Gira dos Ancestrais.

Últimas de Carnaval Brasil