O Repórter

Presidente da CBF diz sentir indignação e tristeza com racismo no futebol

Entidade pede providências à CONMEBOL

Por OREPORTER.COM
29 de abril de 2022 às 15:59
Atualizada em 29 de abril de 2022 às 16:13
Compartilhe a notícia:
reprodução / CBF TV

RIO - Em vídeo publicado nesta sexta-feira (29), o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues lamentou os episódios de preconceito em partidas da CONMEBOL Libertadores e alertou sobre o aumento dessas manifestações criminosas.

"Esses casos de racismo no futebol, principalmente em jogos que têm acontecido na Libertadores, têm trazido uma preocupação muito grande e muita indignação e tristeza para a CBF", pontuou Ednaldo.

O presidente disse ainda estar em contato direto com a CONMEBOL para tentar minimizar esses casos.

"Nós temos tratado esse assunto, diretamente com o presidente da CONMEBOL, Alejandro Dominguez e que também está muito indignado".

Ednaldo informou ainda que, em breve, as entidades terão uma reunião para tratar do racismo nos estádios de futebol.

"Em breve uma reunião vai acontecer com todo o Conselho da CONMEBOL, para todas as federações filiadas ratificarem e endurecerem totalmente as punições no que dizem respeito ao racismo", concluiu.

A CBF realiza em junho, em data ainda a ser confirmada juntamente com a FIFA, um grande evento internacional para debater medidas contra o racismo e todo tipo de violência no futebol, reunindo representantes de FIFA, CONMEBOL, Federações, Clubes, justiça desportiva, Ministério Público, autoridades de segurança e imprensa.

Últimas de Futebol