O Repórter

Queda de helicóptero mata ministro do Interior da Ucrânia

Pelo menos 18 pessoas morreram na tragédia em Brovary

Por Agência Ansa
18 de janeiro de 2023 às 09:51
Atualizada em 18 de janeiro de 2023 às 09:54
Compartilhe a notícia:
Ansa
Denys Monastyrskyi e outras 17 pessoas morreram no acidente aéreo.
Denys Monastyrskyi e outras 17 pessoas morreram no acidente aéreo.

ROMA - Um acidente de helicóptero em Brovary, na Ucrânia, matou nesta quarta-feira (18) pelo menos 18 pessoas, incluindo o ministro do Interior do país, Denys Monastyrskyi.

Nove indivíduos que faleceram no acidente estavam a bordo da aeronave dos serviços de emergência da Ucrânia, entre eles o vice de Monastyrskyi, Yehven Yenin, e o secretário de Estado do Ministério de Assuntos Internos, Yurii Lubkovych.

De acordo com as autoridades locais, o helicóptero caiu nas proximidades de um jardim de infância, tanto que ao menos três crianças faleceram e 15 ficaram feridas na tragédia aérea, segundo o governador regional de Kiev, Oleksii Kuleba.

Até o momento, não há informações sobre se a queda do helicóptero foi um acidente ou resultado da guerra com a Rússia. Nenhum combate foi relatado recentemente na região da capital ucraniana.

O chefe da polícia local, Ihor Klymenko, destacou em suas redes sociais que uma investigação já está em andamento para apurar as causas da queda do helicóptero.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou que o episódio foi uma "terrível tragédia", enquanto a primeira-dama do país, Olena Zelenska, não segurou as lágrimas antes de participar de uma sessão do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

A primeira-ministra da Estônia, Kaja Kallas, lamentou a tragédia e enviou suas "mais profundas condolências" aos cidadãos ucranianos e às famílias das vítimas.

"A Estônia chora com você. Outra memória trágica do preço incrivelmente alto da Ucrânia está pagando em sua luta pela liberdade contra a Rússia", escreveu a premiê.

Últimas de Mundo