O Repórter

Rússia expulsa embaixador da Estônia por 'russofobia'

Talin já anunciou que responderá medida da mesma forma

Por Agência Ansa
23 de janeiro de 2023 às 10:18
Atualizada em 23 de janeiro de 2023 às 10:20
Compartilhe a notícia:
EPA
Anúncio russo ocorre em meio à aprovação do maior pacote de ajuda militar para a Ucrânia.
Anúncio russo ocorre em meio à aprovação do maior pacote de ajuda militar para a Ucrânia.

MOSCOU - A Rússia anunciou a expulsão do embaixador da Estônia em reação a uma postural de "total russofobia" do governo de Talin, anunciou o Ministério das Relações Exteriores nesta segunda-feira (23).

Conforme a nota divulgada pela pasta, o representante diplomático precisará deixar Moscou até o dia 7 de fevereiro e as relações serão reduzidas "a nível de encarregados em assuntos temporários".

"A liderança estoniana demoliu, nos últimos anos, toda a complexa relação com nosso país. Agora, a Estônia deu um novo passo hostil reduzindo radicalmente o número de diplomatas da embaixada russa em Talin. Um passo que confirma a linha de desagregação das relações entre os nossos países", acrescentou o ministério.

Em resposta, a chancelaria da Estônia anunciou que "continuará a aplicar o princípio de igualdade" e expulsará o embaixador russo para que "o corpo diplomático no país seja numericamente equivalente aquele estoniano na Rússia".

O anúncio da expulsão também ocorre no mesmo momento em que os estonianos aprovaram o maior pacote de ajuda militar para a Ucrânia desde o início da invasão russa, em fevereiro do ano passado.

Últimas de Mundo